Pix para fora do Brasil poderá ser feito a partir de 2022 ou 2023, diz Pinho de Mello

Pix para fora do Brasil poderá ser feito a partir de 2022 ou 2023, diz Pinho de Mello

7 de outubro de 2020

FONTE: InfoMoney

O diretor de Organização do Sistema Financeiro do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, afirmou nesta terça-feira, 6, que está na agenda da autarquia a possibilidade de permitir transferências internacionais por meio do Pix – o sistema brasileiro de pagamentos instantâneos. No entanto, segundo ele, isso deve entrar em funcionamento apenas em “2022 e 2023”.